Ads 468x60px

.

Labels

24 de agosto de 2013

Google proíbe aplicativos do Android de interferirem no sistema

A Google atualiza ocasionalmente as regras da Play Store para eliminar comportamentos inconsistentes nos aplicativos desenvolvidos para o Android. E nós estamos testemunhando uma das maiores mudanças já realizadas pela empresa.
As novas diretrizes da companhia agora proíbem, de forma mais explícita, interferências nos dispositivos. Os aplicativos da Play Store não podem mais modificar configurações dos smartphones ou outros aplicativos sem permissão, e também não podem mais instalar favoritos ou ícones que acessam serviços de terceiros.

Sistema de pagamento in-app
O Google também deixou claro que todas as compras de bens virtuais dentro dos aplicativos devem passar por seu sistema de faturamento. É obrigação dos novos aplicativos seguir essas regras imediatamente, enquanto desenvolvedores com aplicativos existentes tem um período de 30 dias para fazer as alterações.

As mudanças nas diretrizes realizadas pela Google não significam que os códigos maliciosos deixaram de existir, mas pelo menos a empresa está deixando as regras bem claras sobre comportamentos inadequados

Fonte: tecmundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
function signinCallback(authResult) { if (authResult['access_token']) { // Successfully authorized document.getElementById('signinButton').setAttribute('style', 'display: none'); } else if (authResult['error']) { // There was an error. // Possible error codes: // "access_denied" - User denied access to your app // "immediate_failed" - Could not automatially log in the user // console.log('There was an error: ' + authResult['error']); } }