Ads 468x60px

.

Labels

27 de julho de 2013

7 dicas do Google para seu app ganhar destaque

Mais de 150 desenvolvedores, oito horas de palestras e um objetivo: transformar um aplicativo em um produto de sucesso. Durante toda a sexta-feira (26/07), o Google promoveu em São Paulo o evento Next Level Apps, voltado para startups, empresas ou programadores independentes.
A ideia é dar dicas de como criar uma experiência melhor para o usuário e, claro, conseguir que o seu app se torne destaque na Google Play. A loja de aplicativos foi reformulada há algumas semanas e passou a dividir seus produtos em mais categorias.

Aos interessados, Neto Marin, do time de desenvolvedores do Google, deixa seus contatos (netomarin@google.com e google.com/+NetoMarin). “Podem enviar apps ou chamar para hangouts. Avalio tudo o que me mandam e dou feedbacks e até sugestões do que poderia melhorar”, diz. Aqui, ele deixa também dicas para que um aplicativo ganhe destaque na Google Play.  

1- “Siga as guidelines do Android. O manual de orientações para desenvolvedores é bem completo e evita que seu app seja removido por violar algum termo de uso”.

2- “Seja relevante. Nossa função, como desenvolvedores, é atender e gerar demanda. Às vezes o consumidor não sabe que precisa de algo. Às vezes, essa necessidade por ser sazonal. Por exemplo, um app da tabela da Copa das Confederações ganharia destaque na loja na época do torneio. Hoje, não faz sentido. Já um app de reserva de hotel, por exemplo, pode ganhar destaque na categoria especial criada no Dia dos Namorados se lançar uma promoção de descontos na data”. 

3- “Funcione! Parece bobo, mas tem muita gente que envia um app que não funciona completamente. Meu conselho é testar, testar, testar e, quando cansar, testar de novo.  Teste o que acontece com seu produto em todas as situações. Quando a bateria acaba ou quando cai o sinal. Ele trava? Retoma do mesmo ponto?”

4- “Mantenha o visual atualizado. Não podemos dar destaque a um app com um botão que falha. Isso acontece em 90% dos apps que eu testo. Ao programar pensando em uma versão antiga do Android, o menu pode aparecer como ícones que não levam a lugar nenhum em versões atualizadas”.  

5- “Não imponha ao usuário a forma como ele deve segurar o aparelho. Com exceção de games, ou de poucos casos específicos, o seu app deve funcionar de qualquer forma – quer o usuário queira segurar o telefone na horizontal ou vertical”. 

6- “Aumente a sua interação com o usuário. Dê a ele formas diferentes de acessar o conteúdo. Se é um app de futebol, por que não enviar uma notificação quando o time fizer gol? Os widgets também são outra forma de dar conteúdo de forma rápida”. 

7- “Cuidado com as permissões que o app solicita. Você realmente precisa pedir acesso aos dados do Gmail? De localização? Avaliamos bastante isso na hora de destacar um app”

Fonte: infoabril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
function signinCallback(authResult) { if (authResult['access_token']) { // Successfully authorized document.getElementById('signinButton').setAttribute('style', 'display: none'); } else if (authResult['error']) { // There was an error. // Possible error codes: // "access_denied" - User denied access to your app // "immediate_failed" - Could not automatially log in the user // console.log('There was an error: ' + authResult['error']); } }